Home / Contos / BiLatinMen – Cheyo & Rapper – Me dando de Mamar
Avantajados Videos Gay

BiLatinMen – Cheyo & Rapper – Me dando de Mamar

Desde de criança sempre morei com meu pai no Rio grande do sul e sempre vinha passar as ferias no sitio de mamãe e como sempre fui apaixonado por mato me divertia muito pois era algo que não costumava fazer no meu dia a dia.

Nas ferias de julho de 2010 fui passar as ferias com mamãe,que modéstia parte era longe pra cacete,chegou ao anoitecer,estavam me esperando no aeroporto e fomos a caminho do sitio e olhava para fora e só tinha mato e mato e o percurso durou 1 hora,cheguei abracei meus irmãos e fui descansar nem jantei.

Minha mãe sempre ouvia que as pessoas achavam sobre mim,mas não dava bola pois eu nunca deixei transparecer o meu desejo por homens e coisa assim,mas as pessoas comentava que achavam que eu era meio diferente kkkk ou melhor viadinho.

Baixar Vídeo 81MB

Tinha um peão,loiro,olhos verdes,pernas durinhas e peito todo estufante peludo ahhh tipo homem que gosto aquela cara de macho devorador,sempre o via durantes todas as ferias que passava ali e imaginava aquele homem na minha cama,via aquela mala apontando para mim e batia varias punhetas imaginando aquele pau mas com a certeza que nunca ia acontecer pois era casado e tinha dois filhos uma menina e um menino que chupei ele também mas deixa pra outro dia essa historia.

Bem ele tirava leite todos os dias no curral no sitio ao lado do da minha mãe e como meu padrasto foi viajar não tinha quem tirasse leite em casa então fui pedir um galãozinho no sitio do Fortão era assim que todos os chamava.

Cheguei todo acanhado e com toda a minha educação pedi o favor e ele prontamente não se negou mas me pediu que esperasse a ultima vaca pois assim ele coava o meu também e eu doido de tesão, naquele homem claro que aceitei e fiquei sentado o olhando ele quieto.E eu olhando aquela cara logo fiquei excitado e dobrei a perna e disfarcei,teve uma hora que ele coçou o saco eu na hora olhei e é claro ele reparou e deu uma risadinha eu fiquei envergonhado, logo começou a puxar papo e assuntos sobre a minha vida sobre meu estado,escola,essas coisas que consecutivamente tocou no assunto sexo e perguntou assim:

– E ai já comeu muitas menininhas gauchinhas? Falou rindo e eu retruquei.

– Eu não,sou de boa prefiro estudar! Disse envergonhado.

– Como não?Meter e a coisa mais deliciosa do mundo, porém minha mulher faz 15 dias que não me dá nossa nem o buraquinho ela deixa eu comer! Disse ele com cara de safado.

Eu não me aguentando de tesão naquele homem meu cuzinho piscando mas tinha que me controlar e disse:

– Como você consegue? Deve subir pelas parede! Disse atiçando.

– Nossa se eu tivesse alguém pra depositar meu leite nem veria quem, mas como não tem ninguém tenho que esperar a boa vontade de minha esposa! E sorriu.

Ai pronto eu vendo aquele homem querendo fuder, mal sabe ele que to louco de vontade de dar pra ele e conversamos e minha vontade nada de passar, foi quando ele tirou o leite da ultima vaca e colocou no meu galãozinho e como sempre agradeci e fui me retirando com aquela vontade doida, então ele pediu que ajudasse eu colocar os galão em cima da camionete eu claro fui ajudar e realmente era pesado,foi quando me virei de costa para ele para pegar o galão ele me encoxou e viu que gostei repetiu a dose e vi aquele trem subindo e me cutucando toda vez que me virava pra pegar o galão, foi quando sem pensar duas vezes grudou pelas costas começou a gemer dizendo:

– Não quer tirar o leite do Fordão aqui? Dizendo com aquela cara de safado.

– Para com isso,ta doido? Eu disse tentando afasta-lo.

– Para eu sei que você quer eu vi você olhando pra minha mala, vem me mamar aqui vem?

Tirando o pau pra fora, puxa que pau era aquele rosadinho, peludo, e com aquele cheiro de homem suado misturado com perfume aproximadamente uns 18 cm e não pensei duas vezes e cai de boca naquela pica maravilhosa e fui mamando..
Ele gemendo e urrando e dizendo:

– Vai mama, mama chupa meu bezerrinho tira meu leitinho, sabia que queria me mamar faz tempo então vai aproveita e me mama gostoso…seu bezerrinho!

Eu nossa aproveitei o máximo pra chupar aquela pica gostosa e fui chupando como nunca sentindo aqueles pelos batendo na minha boca ai me enlouquecia, ai ele gemendo de tesão falou:

– Agora quero comer seu cuzinho agora!!!

Ele me levantou e me colocou de costa e me pediu pra que empinasse a bundinha eu claro fiz o que me pediu virei de costa me apoiei na tabua do curral e empinei a bundinha louca pelo aquele cacete que demora demorava pra entrar no meu rabinho, foi ai que ele cuspiu no meu rabo e na mão dele e foi passando na portinha do meu rabinho, eu gemendo alto pedindo pra que enfiasse logo:

– Enfia no meu cu, vai quero rola!

Dai então socou de uma vez e senti aquele suor de dor e prazer me enbalamdo todo mais queria tanto aquele homem que nem reclamei só queria aquela vara,e começou a bombar com gosto e com força e socando fundo e escutava os gemidos dele me excitando mais ainda comecei a rebolar naquele pau gostoso e ele gemendo dizendo:

– Vai meu bezerrinho rebola no meu pau, rebola que vou dar o leitinho que você tanto quer, empina a sua bundinha pra mim.

Eu empinei a minha bunda e ele estocando com mais força, eu pedindo que socasse mais e pedindo que fodesse meu cuzinho.

Foi ai que ele disse:

– Quer leitinho meu bezerrinho? Agacha que vou te dar de mamar!

Foi ai que agachei ate sua pica vendo aquela pica pulsando e jorrando porra na minha boca e dizendo:

– Mama meu bezerrinho mama…

Chupei ate a ultima gota e não deixei sobrar nada ate sentir aquele pau amolecer na minha boca.

Então ele guardou o pau dentro da cueca e eu me levantei e ele disse.

-Nossa pode vim buscar leite amanha se quiser! Dando aquele risinho de quero mais.

Eu sorri e me despedi e com aquela satisfação…e dando sorrisinho de lado.

About Marcelo Costa

Sou apaixonado por conteúdo adulto, vídeos, fotos, contos e tudo mais. Mas gosto de um conteúdo que só de ver uma foto o tesão sobe loucamente. E por isso participo da equipe desse Blog.

Deixe uma resposta