Home / News / 10 coisas que eram diferentes na pornografia há 20 anos atrás

Avantajados Videos Gay

10 coisas que eram diferentes na pornografia há 20 anos atrás

Bom hoje você vê que a pornografia mudou muito nos últimos anos. Confira abaixo 10 coisas que eram diferentes a 20 anos atrás.

1- Não havia interação

Quase ninguém usava internet. A conexão era bem ruim e não havia redes sociais. Hoje a gente comenta, segue, curte e conversa com nossos atores favoritos, mas naquela época era impossível saber notícias deles.

Captura de tela 2015-01-04 às 15_Fotor

2- Filmes só em VHS

Filme pornô só em fita cassete. Para quem nunca viu uma, era uma caixa plástica com uma fita magnética interna que pegava mofo facilmente e quando embolava no video cassete era uma droga!

antigo_fitas_vhs

3- Havia locadoras de filmes

Sim meu caros. Você tinha que ir numa locadora e sempre tinha uma sessão mais afastada com um monte de VHS de putaria. Filmes gays eram super raros. Imagina só o constrangimento de entregar o filme pro funcionário registrar a locação? Uma salva de palmas para quem inventou o streaming!

4- Não havia tatuagens

Sim, naquela época as pessoas já eram tatuadas mas em filmes não. Com a crise da AIDS nos anos 80 e 90, a indústria e mídia gay, de maneira geral, estava mais focada em mostrar a cara da saúde: homens sem pêlos, grandes e musculosos. Tatuagens eram associadas a drogados e marginais.

joshweston5

5- Não havia cenas

Hoje nós temos cenas solos e vídeos curtos e transmissões bem amadoras de webcam. Naquela época os estúdios faziam somente filmes ( bem toscos ), geralmente com 4 ou 5 cenas. Você tinha que ver o filme todo e caso não gostasse de uma parte, tinha que pegar o controle remoto e adiantar a fita!

6- O cachê era por filme

Os grandes atores eram pagos por filme e não por cena. Havia um agente de talentos que ia em busca de caras que poderiam ser bons atores. Nos Estados Unidos, o cachê era altíssimo ( U$ 12,000) e eles só faziam dois ou três filmes por ano. Tempo de vacas gordas!

7- Havia revistas

Atores pornô gays precisavam das revistas para divulgar seu trabalho e ganhar mídia.

digitalizar0637

8- Eles usavam camisinha

A maioria dos estúdios só faziam filmes com os atores usando preservativos.

9- Havia pouca diversidade

Hoje se você quiser assistir um filme com um eskimó anão transexual, com certeza você encontra. A indústria pornô naquele período era bem limitada.

Havia poucos negros, fetiche era algo muito underground, não eram tão comuns como hoje e homens mais velhos então estavam fora de cogitação. Ou seja, era um tédio, tudo igual.

Ryan_Idol1-e1316636923479

10 – A seleção era mais rigorosa

Hoje em dia qualquer um pode fazer pornô gay. E nem precisa ser gay! Antes não havia tantos artifícios de camuflagem, edição, marketing, photoshop, estimuladores e remédios. O cara tinha que mandar ver mesmo na real, sem truques.

About Marcelo Costa

Sou apaixonado por conteúdo adulto, vídeos, fotos, contos e tudo mais. Mas gosto de um conteúdo que só de ver uma foto o tesão sobe loucamente. E por isso participo da equipe desse Blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anal porno anal porn HD videos Pornô deutsch porno anal porn